E-mail: contato@drcarloskhouri.com.br
POR QUE VOCÊ TRABALHA TANTO? COMO CONCILIAR CARREIRA E QUALIDADE DE VIDA

Falar é fácil e você já não é mais o mesmo !

Ouvimos com frequência essa frase e por causa dela fui desafiado a  mudar radicalmente de atitude em relação à minha própria saúde física e mental. Não foi nada programado, apenas mudei e no instante seguinte tinha certeza de que já era outra pessoa.

Durante toda minha juventude gostei de praticar esporte embora não tenha sido um expert em nenhuma dessas atividades. Contudo , fui aos poucos  diminuindo  essas praticas saudáveis e confesso que por muitos anos , não me dei conta que estava perdendo algo de muito precioso em minha vida  . Me considerava o mesmo jovem de sempre apenas com alguns fios de cabelo a menos e algumas calças que passaram a ficar ligeiramente apertadas .  Já havia me acostumado com uma ligeira porem constante dor no pescoço  e um sono menos profundo e revigorante  além de certo desinteresse  em  programações  sociais com a família e amigos . Eu não estava percebendo a real e gradativa perda na qualidade de vida pela qual estava passando. Perda essa que quando não identificada a tempo , rompe o frágil equilíbrio descrito no latim : “ Mens sana in corpore sano “ que significa :  “mente sã em um corpo são” e  leva muitas pessoas a enfermidades graves , à desconstrução de uma preciosa rede de contatos profissionais e familiares à decadência profissional e à depressão  profunda .

Foi em um final de tarde, um dia comum. Havia acordado cedo, deixado meus filhos na escola e seguindo o ritual cheguei ao centro cirúrgico antes do paciente. Seria uma cirurgia longa e eu tinha dormido pensando nela. Perguntei à enfermeira chefe pelo paciente e ela me respondeu que o paciente ainda não havia ​sido ​internado.

Desci ​até a  recepção ​onde ​ presenciei a chegada do paciente ​, já justificando o atraso ​ de 40 minutos​​.

​​Como sabemos,​ um atraso causa outro ​ e ao chegar ao centro cirúrgico ​,​ a sala já estava ocupa d​a por outro paciente ​ que havia cumprido o horário.

​F​iquei sem almoç​ar  para tentar recuperar ​, ​em parte​,​ a agenda e segui​r​ em frente para os demais compromissos do dia. ​R​ecebi uma ligação ​ do Ibrahim, meu colega urologista, às 17horas, pedindo ajuda para uma cirurgia de urgência, e como de costume aceitei​  ​prontamente ​, ​afinal , quando preciso dele ou de qualquer outro colega , eles fazem o mesmo por mim com uma disposição invejável.

​Para conseguir tudo isso, nós médicos precisamos de ​ um condicionamento psicológico onde tentamos não nos entregar ao cansaço e reuni​r​  as ​ú​ltimas energias para bradar em alto e bom som: “tranquilo! ajudo sim! Já estou indo! ​E todos os demais compromissos ficam em segundo plano.

Mas por que você trabalha tanto? perguntam os familiares!
​R​espondo, convicto ​ que tenho que resolver as ​demandas que aparecem ​, tratam-se de vidas humanas​.
E a ​sua ​saúde?  ​E​stá cuidando ?
Claro que sim, respondo automaticamente, sem sequer raciocinar o que cuidar da própria saúde quer dizer.

Terminamos a cirurgia por volta das 19 horas​ e ao chegar ​em casa, minha esposa​ já estava pronta para o tradicional jantar da 4ª feira que começa ​à​s ​20 h30min com os amigos do condomínio.

E ​como sempre, gentil, ​minha esposa pergunta:​
– Está cansado, prefere não ir?
Respondi, automaticamente:
– Estou bem. Em 5 minutos estarei pronto e já vamos.

Pois bem, chegamos ao jantar um pouco atrasados, mas o ambiente de amizade e alegria contagiante logo ​me dá a impressão que ​tomei a decisão certa ​,​ não somente pela qualidade gastronômica  do jantar que realmente é excepcional, mas também pelas conversas ​com amigos  e ​os ​conselhos ,  os mais ecléticos possíveis visto que esse nosso grupo tem profissionais de todas as áreas e superam​ a motivação de qualquer livro de autoajuda que já li.

Nesse dia , embora feliz ,  senti que tinha passado de to​do​s os meus limites!

​POR QUÊ???​

Se estava satisfeito pela minha persistência e ter cumprido todas as tarefas do dia , ao mesmo tempo decepcionado com algo em minha forma de lidar “positivamente” com todo aquele stress.

Procurava, ​ instintivamente, entre as ​conversas, algum assunto que me desse um ​”​start​” para uma mudança de vida e sabia que ​já ​era hora​.

​Nesse dia, participei de várias conversas como alguns falando sobre a importância de descansar, viajar, futebol e “hobbies”  dos mais diversos.

A conversa que mais me chamou a atenção foi a do Marquinhos  falando que frequentava a academia todos os dias às 5 da manhã e que isso já fazia parte de sua vida.

Não foi o que ele me falou,  mas sim o olhar inquisidor dele para todos nós como um alerta para que nos cuidássemos mais.

O entusiasmo dele era contagiante, fruto de uma energia transformadora verdadeira e consistente que a atividade física proporciona. Percebi em seu relato a energia e felicidade que a endorfina e serotonina ​, neurotransmissores essenciais para termos prazer na vida e que são descarregados em nosso corpo através da atividade física  , estavam atuando e lhe proporcionando a  jovialidade mental e sensação de bem estar físico  que os anos de profissão normalmente nos  tiram ​.

Era o que eu precisava ouvir,  o depoimento do cliente e não do dono da academia. Não havia interesse financeiro ou qualquer outro senão compartilhar uma experiência de sucesso! Isso me bastou.

Eu sempre  cuidei ​da alimentação e estava com apenas  cinco kilos ​à mais ​, em relação aos meus 20 anos de idade​.Esperei o Marquinhos terminar a conversa e perguntei qual academia ele frequentava, foi quando ele me surpreendeu mais uma vez dizendo que não só ele, mas a esposa e filha faziam ginástica no mesmo horário com o mesmo personal há vários anos. Percebi ​,​ então​,​ que realmente essa atividade era muito mais que uma atividade complementar na vida dele. Era uma atividade básica como trabalhar, ​o​rar, escovar os dentes, etc..

​Comecei a fazer ginástica na mesma academia que por minha insistência  meu filho havia se matriculado algumas semas antes . Algum tempo depois ​,​ minha esposa também ​se ​animou e hoje estamos todos fazendo ginástica na mesma academia e quando possível no mesmo horário  “​juntos”. Passou a ser um compromisso como outro qualquer, e o mais importante , descobri que fazer é mais fácil que falar , pois falar por falar e não realizar sempre nos traz um sentimento de fracasso que contamina nosso planos e projetos de vida .

A partir dessa minha mudança passei a introduzir essas orientações aos meus pacientes, porem de forma personalizada, pois​ cada um tem seu tempo e suas necessidades.

O importante é ter um motivo para mudar. Mudar para melhor. Temos a capacidade mental de mudar a percepção de nosso cérebro sobre o que é prazeroso ou não. Falo isso aos meus pacientes com os exemplos do dia a dia. Se todos temos os mesmos órgão sensoriais (olhos, olfato, tato, audição e paladar) por que algumas pessoas gostam de coisas diferentes das outras? Simples percepção daquilo que nos parece prazeroso ou necessário. Desperte suas necessidade e elas mudarão sua  percepção de prazer !

Sei que não sou mais o mesmo mas ainda assim estou me  sentido ótimo . Todos sabem os benefícios que a atividade física nos proporciona , principalmente aqueles com mais de 50 anos de idade , onde o desempenho físico e intelectual  já começa a te lembrar que você não tem mais 20 anos .Percebi nitidamente a recuperação de minha  força física para tarefas corriqueiras, como fazer uma arrumação em casa e lavar o carro nos fins de semana . Notei melhora inquestionável do humor e vontade de estar perto de pessoas e eventos que nos fazem rir e se divertir . Mais do que isso , como se não bastasse as atividade de trabalho que são muitas , ainda arrumei um tempo para  junto de alguns amigos , criar uma confraria de apreciadores de um bom vinho . Como podem ver , minha vida ficou bem mais interessante e até me deu vontade e disposição para começar a dar aulas na faculdade  e escrever esse artigo  . Naturalmente que essas foram minhas escolhas e certamente você pode ter vontades diferentes como viajar , aprender um novo idioma ou simplesmente passar mais tempo com os amigos ou familiares , o importante é ter a certeza de que uma vez iniciada uma revolução do bem , outras coisas boas virão , pois o bem atrai o bem e você certamente já leu sobre isso .

CRM/MG 24182

Contato

Rua Nossa Senhora da Saúde, 118 , Centro • Ubá • MG

Consultório: (32) 3532-5989

@contato@drcarloskhouri.com.br

Facebook
Tags
andropausa Bexiga Carreira causas da andropausa cirurgia de calculo renal colica renal causas colica renal como tratar colica renal o que fazer colica renal sintomas colica renal tratamento como prevenir cancer de prostata cálculos renais Câncer câncer de próstata cólica renal Diagnóstico exames preventivos infecção irinária medico pasciente mudar de vida operação de cancer de prostata o que é andropausa Planejamento alimentar praticar atividade fisica praticar esportes Prevenção Próstata Qualidade de Vida Rim saúde do homem sedentarismo segurar urina Sintomas sintomas da andropausa Stress terceira idade Testiculos Trabalho Tratamento urologista em uba urologista uba vasectomia vasectomia causa impotência? vasectomia reversivel vasectomia reversão